Arquivo da categoria: Pneus Michelin

troca-de-pneu-ingo-hoffmann

Pneus desgastados: quando e com que frequência fazer a troca

A correta manutenção do carro é fundamental para manter a segurança de todos os passageiros e para certificar-se de que está tudo em perfeitas condições. Um dos principais elementos que devemos verificar com regularidade são os pneus.

Com o tempo os pneus do carro se desgastam e perdem aderência, fato que pode provocar um acidente. Para evitar que isto aconteça, devemos trocá-los a tempo e adquirir um jogo novo.

Aqui explicamos em 7 dicas quando trocar os pneus do carro e aos elementos que devemos prestar atenção.

1ª Dica: Fique de olho no estado dos pneus

Os pneus em mau estado são uma das principais causas de acidentes de carro. Se não quer que isso aconteça com você, deverá verificar os pneus de seu veículo com frequência e trocá-los sempre que for necessário.

2ª  Dica: Pneus gastos prejudicam a aderência

Para saber quando deve trocar os pneus de seu carro, preste atenção ao rasto das rodas. O rasto é a faixa que eles têm gravada e que permite ter mais ou menos aderência ao asfalto. Um pneu em bom estado deve ter o rasto totalmente definido e marcado e cumprir com a profundidade adequada. A profundidade ideal dos pneus de carro é de 8 a 8,5 milímetros.Os pneus que têm uma profundidade de faixa de 4 mm se encontram na metade de sua vida útil, os pneus com menos de 2 mm devem ser trocados urgentemente.

3ª Dica: Medindo o rasto dos pneus

Como medir a profundidade do rasto dos pneus? Você pode usar um profundímetro, ou usar uma ferramenta bem mais simples e que todo mundo sempre tem no bolso: uma moeda. Para isso, pegue uma moeda de 1 real, coloque no rasto do pneu, e se o círculo dourado ficar completamente coberto pela borracha, o pneu está em perfeito estado; se ao invés disso você é capaz de ver um pouco, quer dizer que ele começa a estar desgastado, e se der para ver muito, você deve trocá-los imediatamente.

4ª Dica: As laterais dos pneus também são importantes

Verifique o estado dos pneus do carro pelas laterais da parte de rolamento da roda, não pelo centro, porque esta é a parte que se encarrega de manter a aderência nas curvas. A lateral do rolamento tem uma forma mais arredondada do que o centro e por isso tende a desgastar antes.

5ª Dica: Vida útil dos pneus

Não existe uma duração de vida estabelecida para as rodas do carro, já que este é um aspecto que depende fundamentalmente da marca do pneu, do modo de direção do condutor, do tipo de estrada e da manutenção dos pneus (rodízio, calibragem, geometria e balanceamento). No entanto, existem algumas regras gerais. Quando os pneus do carro tiverem mais de 5 anos, devem ser revisadas pelo menos 1 vez a cada 6 meses porque podem começar a aparecer os sinais de desgaste e na aderência dos pneus.

6ª Dica: Manutenção dos pneus

O desgaste pelo tempo ou o uso excessivo não é o único motivo para trocar os pneus do carro. Se as rodas estão danificadas, se furou o pneu, se estão defeituosas, se a borracha apresenta dobras, sinais de ressecamento ou vincos estranhos na lateral, se a textura da borracha interior for áspera ou sofre um desgaste anômalo irregular, você deve ir ao mecânico para uma revisão e para trocar por outros pneus em perfeitas condições. Fazer uma manutenção dos pneus do carro é imprescindível para assegurar seu correto funcionamento.

7ª Dica: Troca de pneus

O Regulamento Geral de veículos estipula que as rodas devem ser trocadas por pares, ou seja, você não pode trocar uma roda de forma individual, você tem que trocar seu par. Portanto, se um dos pneus dianteiros estiver danificado ou desgastado, você tem que trocar ambos os pneus da frente; o mesmo acontece com os de trás. Mas é importante lembrar que a troca dos dois pares de pneus , garante uma melhor direção para o condutor.

Você também pode gostar!

Aproveite e descubra os motivos para realizar a troca do seu pneu agora, através do nosso e-book gratuito. Clique e faça o download:

3-motivos-para-realizar-a-troca-do-seu-pneu-728x90

 

 

pneu-certo-michelin-ingo-pneus

O pneu certo para o seu carro fazer bonito na estrada

Os pneus são componentes de extrema importância para a segurança do veículo e, por isso, devem estar, além de calibrados, sempre em perfeitas condições de uso. Para tal, seu desgaste deve ser constantemente observado, e seu tempo de troca, respeitado.

Mas, como escolher o modelo certo?

Escolher pneu nem sempre é uma tarefa fácil. Muitas questões surgem nesse momento. Afinal, apesar de não parecer, muitos detalhes devem ser avaliados para que não ocorram arrependimentos posteriores.

A primeira coisa a ser feita é saber todas as especificações que esses itens do carro devem ter. Para isso, basta consultar o manual do veículo ou mesmo observar a lateral de cada pneu — local no qual existe um código de letras e números que explica, detalhadamente, o seu propósito e seus limites.

 

Quando os pneus devem ser trocados?

Os pneus devem ser trocados toda vez que for percebido um desgaste além do normal. Alguns hábitos podem antecipar o momento da troca, como o tipo de pneu utilizado, a estrada na qual o motorista trafega e a forma como ele conduz o carro (arranques, freadas, curvas, etc.), que os desgastam mais rapidamente, entre outros aspectos que podem fazer a diferença.

O principal critério para sabermos o desgaste desses itens é por meio do TWI (Tread Wear Indicator) — em português “indicador de desgaste da banda de rodagem”. Trata-se de um ressalto de borracha que fica nos sulcos dos pneus e conta com 1,6 milímetro de altura. A marca aparece de forma escrita — TWI — ou pelo desenho de um triângulo. No caso do pneu Michelin é representado pela imagem do BIB.

Ao chegar ao seu limite, o desgaste máximo é indicado, que é quando o pneu é chamado de “careca” — o que coloca em risco a segurança do veículo, aumentando a chance de derrapagem e aquaplanagem.

Como escolher pneu certo?

Na verdade, existem pneus para diferentes tipos de carros, como aqueles com motor potente, com motor mais fraco, para caminhonetes, para SUVs, etc. O consumidor tem que saber o segmento no qual o seu veículo se enquadra e, assim, buscar a linha de pneus que precisa.

de nada adianta o motorista se preocupar em fazer a calibragem periodicamente e manter os pneus conservados se, na hora da troca, não levar em consideração as especificações que esses componentes devem ter para o seu tipo de carro.

Confira, a seguir, boas dicas para a hora de trocar os pneus do seu carro:

1. Escolha a banda de rodagem adequada

A banda de rodagem é o que garante tração, dirigibilidade, boa frenagem, capacidade de dispersão de água e quilometragem ideal para cada tipo de automóvel. Por isso, precisa ser muito bem escolhida.

Cada pneu conta com um modelo de banda de rodagem, que define em que espécie de estrada o carro deve rodar. Existem pneus com sulcos mais apropriados para os dias de chuva, outros para estradas off-road e ainda aqueles mais comuns para asfaltos secos.

As bandas de rodagem, não diferem umas das outras apenas em relação ao desenho dos sulcos, mas também na largura do pneu. Quando mais largo ele for, mais estável se mostrará, mas, em compensação, copiará mais as inclinações e irregularidades da pista. O motorista deve saber o que é mais importante para seu tipo de condução.

2. Busque pneus com uma boa durabilidade

A forma com a qual o motorista usa seu carro, geralmente determina sua durabilidade. As condições das estradas e ruas nas quais o veículo trafega, bem como as devidas manutenções com o automóvel e os pneus, representam também fatores importantes e que podem diminuir ou aumentar a vida útil desses itens.

durabilidade-de-pneu-certo-michelin-ingo-pneus

3. Procure saber qual o melhor pneu para rodar também em dias de chuva

As novas tecnologias na fabricação de pneus permitem uma proteção maior para os dias de chuva. O desenho em pneus para chuva ou estradas molhadas, que pode ser observado na banda de rodagem, não está ali por acaso.

Trata-se de uma tecnologia que facilita a circulação dos veículos em locais em que ocorrem chuvas com frequência. São sulcos que dispersam a água e, dessa forma, evitam que se forme uma camada entre o pneu e o asfalto — impedindo que derrapagens ocorram.

Por isso, ao comprar os pneus, escolha aqueles que possibilitem uma condução mais segura, principalmente em dias chuvosos. Dessa forma, evita-se as derrapagens e a tão temida aquaplanagem. *Pela nova norma do Inmetro.

4. Obtenha um controle maior na direção

A escolha da banda de rodagem do pneu garante também o maior controle do automóvel. Pneus com uma largura maior, tem melhor aderência e índice de performance maior conferindo um controle mais eficaz do carro.

5. Conquiste conforto e maciez ao trafegar

Customizar o carro com pneus com perfil menor, com o objetivo de ele ficar esportivo, pode até agradar alguns usuários quanto à estética, porém essa prática prejudica muito o conforto e a maciez do automóvel. Ao reduzir o perfil do pneu, ocorre também a diminuição da camada de ar que o amortece e, consequentemente, aumentam os impactos com o chão.

Aproveite essas dicas e escolha sempre a melhor opção para seu carro!

Você também pode gostar:

Aproveite e descubra dicas de como melhorar o desempenho do seu carro, através do nosso e-book gratuito. Clique e faça o download:

3-dicas-para-melhorar-o-desempenho-do-seu-carro-728x90

Michelin vence os mais recentes testes e comparativos

Os pneus Michelin Pilot Sport 4 e CrossClimate+ foram vencedores no teste da Autozeitung. O Pilot Sport 4 foi o melhor composto dos seis participantes no teste.

O veredito do comparativo consagrou o Pilot Sport 4 como “o melhor em piso seco e em piso molhado, sendo, claramente, o vencedor do teste”. Na mesma prova, utilizando a mesma dimensão, a Autozeitung incluiu para a sua avaliação comparativa os CrossClimate+, pneus de verão com certificação de inverno, juntamente com outros dois pneus “all season”.

Os pneus Michelin CrossClimate+ confirmaram a sua excecional performance, liderando no teste de travagem em piso seco e igualando os seus rivais na travagem em piso molhado.

O CrossClimate+ primeiro classificado no comparativo da AutoBild. Estes pneus impõem-se face a outros cinco pneus “all season”, sendo os vencedores absolutos de um teste em que se avaliou a performance dos pneus novos e com diferentes níveis de desgaste (profundidade do piso de 4 mm e de 2 mm).

Além de oferecerem as melhores prestações, apesar do desgaste, os CrossClimate+ exibiram a maior vida útil, com 50.100 km até alcançarem o limite legal, superando, pelo menos, em 10.000 km o segundo classificado neste particular.

 

Via: Revista dos Pneus – Portugal

Semana da Mulher na Ingo Pneus

De 05 a 10 de março, as mulheres que trouxerem seus carros na Ingo Pneus tem 50% de desconto nos serviços (geometria e balanceamento). Na compra de pneus novos, o preço à vista pode ser parcelado em até 3 vezes no cartão de crédito. É a Semana da Mulher na Ingo Pneus. Com Michelin, você roda muito mais seguro. Venha conferir!

 

Pneus em Curitiba

A Ingo Pneus atende o mercado de Curitiba há mais de 20 anos. Somos revenda autorizada da Michelin e BFGoodrich em Curitiba. Vendemos pneus para carros, motos e caminhonetes.  Estamos em dois endereços: Rua Professor Pedro Viriato Parigot de Souza, 565B, Ecoville (41) 3015-9080 e  Rua Alberto Bolliger, 33, Juvevê tel (41) 3029-4017.

 

Michelin Pilot Sport 4S

A melhor escolha para o segmento superesportivo, o MICHELIN Pilot Sport 4 S proporciona máxima reatividade e aderência em piso seco e molhado, além de uma durabilidade insuperável. É o pneu ideal para você que gosta de levar o carro ao limite, sempre com segurança e controle absoluto do veículo, para um maior prazer ao dirigir.

Continue lendo

Os pneus aro 17 da Michelin

Para veículos que possuem rodas com aro 17 é importante que se tenha um pneu que ajude no melhor desempenho do veículo a fim de que gastos sejam reduzidos. É isso mesmo,você sabia que um pneu de qualidade, além de melhorar a performance do carro, pode evitar gastos desnecessários? A manutenção causada por um pneu de má qualidade pode ser evitada quando se usa um pneu de qualidade.

Continue lendo

Entenda como o pneu aro 19 da Michelin pode ajudar na manutenção da vida útil do seu carro

A vida útil de um pneu de um carro de passeio, em condições normais de alinhamento, calibragem, suspensão e balanceamento é, em média, de 40.000 KM. Para atingir essa média é necessário fazer rodízio de pneus que consiste em trocar os pneus dianteiros, que sofrem maior desgaste, com os traseiros. Além de alguns outros cuidados.

Continue lendo

Loja de pneus Michelin em Curitiba

A contemporaneidade nos possibilita muitas vantagens, entre elas é o fato de encontramos tudo segmentado. Tomemos o varejo como exemplo, encontramos lojas especializadas em muitas coisas. E isso é muito bom, pois uma loja segmentada a determinada necessidade é um local onde você encontrará assessoria especializada sobre isso, bem como indicação e resolução de eventuais problemas.

Continue lendo